Coelho na Páscoa? Só se for de chocolate!



Foto: Internet

A Páscoa está chegando e junto com ela vêm muitos presentes, muitos chocolates e infelizmente muitos coelhos também. Geralmente dados como presentes, na maioria das vezes para crianças, os coelhinhos ganham um lar por apenas alguns dias ou semanas, e logo depois acontecem os abandonos.

Você sabia que o abandono dos orelhudos cresce muito logo após a páscoa?

Nem sempre de olhos vermelhos, muitas vezes nem tem pelo branquinho. Depois do feriado esses pets acabam abandonados, muitos são encontrados magros, machucados e às vezes tem até sua vida encurtada. A Páscoa acaba sendo para os coelhos a pior época do ano.

Já temos tido cada vez mais consciência que cães e gatos não são brinquedos, mas isso deve se aplicar a qualquer outro animal de estimação. Adotar um animal deve ser um ato de amor, feito com responsabilidade e muita pesquisa. Esse último item é ainda mais importante quando se trata de um pet que não é muito comum, como coelhos e roedores. Também temos que recordar que nunca devemos dar um pet para uma criança (independente de qual animal seja) sem antes consultar os pais, pois eles é quem realmente irão ser responsáveis pelo animalzinho. Se os pais não querem, não insista.

Lembre-se: Na Páscoa coelhos somente de pelúcia ou de chocolate.


Foto: Internet

Coelhos são muito bonitinhos e fofinhos, mas que exigem cuidados. São animais que precisam viver em um cercadinho (nada de gaiolas pequenas), receber alimentação de qualidade, além de verduras e uma pequena quantidade de frutas que pode ser oferecida, outro item que não pode faltar é o feno. Além da alimentação e do cercado, e dos acessórios como bebedouro e comedouro, eles também podem precisar de atendimento veterinário que deverá sempre ser realizado com um médico veterinário especialista em silvestres/exóticos. Isso e muito mais deve ser analisado antes de se pensar em adquirir um amigo orelhudo como pet.

Antes de qualquer adoção você deve sempre consultar: sua família, suas alergias, seu bolso, seu espaço, seu tempo, sua paciência, e principalmente seus planos para o futuro.


Faísca - Foto de Rataria Ana Becker

Um coelhinho quando adotado de maneira consciente trará muita coisa boa, mas também poderá roer suas coisas, precisará do seu tempo, dedicação, e gerará custos. Ele pode viver até 10 anos, então você tem que ter compromisso com essa vidinha. E acredite, as únicas bolinhas que ele vai te dar, não vai ser de chocolate ;)

Seja consciente!

Uma feliz páscoa para todos, e em breve estarei aqui com mais posts, falando sobre roedores e lagomorfos. Quem sabe em breve já não faço um post mais detalhado falando sobre os cuidados e posse responsável de coelhos? Beijinhos e até a próxima <3


Sobre o autor: Luciana Rabello Becker, estudante de informática e idealizadora do projeto Focinhos e Patinhas, onde não apenas cães e gatos são bem vindos, mas também os roedores. Através do projeto já promovi lar temporário para vários animais que hoje se encontram em adotados e amados. E agora através do blog Open Bar Canino quero dividir dicas e informações para você que tem ou deseja ter um pequeno roedor, possa dar muito mais qualidade de vida para esse pequeno pacotinho de amor. Vamos falar sobre alojamento, alimentação, enriquecimento ambiental e muito mais!

Conheça mais sobre o projeto:

Facebook: https://www.facebook.com/focinhoepatinha

Instagram: https://www.instagram.com/focinhoepatinha

#roedores #Adoção

34 visualizações

openbarcanino@gmail.com

Porto Alegre  -  Rio Grande do Sul

  • facebook
  • Instagram Limpa
  • Branco Twitter Ícone

site desenvolvido por EmPlanta Projetos