Adotar é tudo de bom!


Você já parou pra pensar em tudo que envolve a compra de um animal?

Você já considerou visitar/entrar em contato com um abrigo e permitir se apaixonar genuinamente (e gratuitamente) por um animal abandonado?

Adotar pode ser mais que um ato de amor, pode ser um ato de consciência e compaixão! Hoje as ONGs e canis de todas as cidades vivenciam uma dura realidade: estão superlotados de cães e gatos de todos os tipos, cores, tamanhos, idades e personalidades! E novos casos surgem todos os dias, enquanto os antigos casos continuam sob responsabilidade desses locais desencadeando uma situação crítica: a maioria deste locais criados para abrigá-los já não tem mais como aceitar novos animais por falta de recursos e espaço. Assim milhares de protetores individuais acabam assumindo casos e fazendo sua parte também. Porém, infelizmente, a situação é tão absurda que a maioria dos protetores que conheço atualmente, não consegue mais arcar com casos novos também…


Foto: Bruna e as adotadas Bali e Julinha do @meuzoologico vestindo T-mutts: Regata "Ter raça é sobreviver

virando latas" e bandanas reversíveis. Confira estes e outros produtos em www.t-mutts.com.br

No que se refere aos canis de procriação onde os pets de raça são vendidos temos a seguinte realidade: muitos destes locais adotam uma postura irresponsável e até mesmo cruel com os animais, principalmente com as fêmeas que procriam, as chamadas matrizes pois as mesmas passam a ser ” máquinas de fazer filhotes”. E, como se isso não bastasse, caso algum filhote saia minimamente do padrão da raça, o mesmo poderá ser descartado como lixo. Somado a todos esses fatores desfavoráveis – conforme relatos de casos na mídia ou nas redes de grandes protetores dos animais – o local em que que costumam deixar os pets é caótico no que se refere à limpeza e espaço mínimo necessário para acolher um cão e os mesmos não recebem carinho tampouco são levados para passear. Sendo assim, tais locais carecem das condições mínimas esperadas para se manter um animal de estimação.

Mesmo que você opte por adotar/comprar um cão de raça de algum conhecido, ainda assim estará incentivando esse ciclo, e essa ninhada muito provavelmente irá tirar as chances de tantos filhotes de rua ou até mesmo de cães adultos que esperam anos por uma família. Afinal, é inegável a preferência da maioria das pessoas por animais de raça, e os vira-latas (ou sem raça definida) acabam sendo ignorados em nossa sociedade por estética ou por falta de informação sobre a questão de personalidade e idade do animal.

Por estas razões que sempre incentivo a busca de maior conhecimento sobre o assunto, afinal a criação e a educação que você pode dar ao animal conta muito mais do que a genética da raça. Na internet é possível encontrar diversos vídeos de como educar cães – e até gatos – com suas necessidades básicas – ou ainda você pode contar com ajuda de profissionais que se especializaram na área para justamente ajudar a moldar comportamentos positivos.


Foto: Mari e o adotado Toquinho do @otoquinho vestindo T-mutts: Camiseta "Cães são a minha tribo"

e bandana reversível. Confira estes e outros produtos em www.t-mutts.com.br

Não sou contra cães de raça, apenas não concordo com esse comércio de animais que faz com que eles sejam tratados como produto, ao invés de vidas. Escolher um animal para fazer parte de sua família deveria ser puramente um ato de amor. Mas, ainda assim, se você preferir comprar um cachorro, pesquise muito sobre o canil antes de fazê-lo para pelo menos não contribuir financeiramente com pessoas que maltratam os animais.

Lembre-se: não existem “cães da rua”… existem cães que um dia foram abandonados por nós humanos e que consequentemente foram procriando-se, chegando assim à situação que temos hoje -> milhares de cães a espera de um lar de verdade!

A T-Mutts conhece de perto toda essa realidade e por isso buscamos transmitir esse amor e conscientização através das estampas e do trabalho social que realizamos junto a ONGS e protetores. Nosso amor é pela espécie, sela ela grande ou pequena, de raça ou sem raça definida, de qualquer cor e idade!

Adote e entenda o real significado de gratidão e felicidade!


Sobre o autor: Ana Lu Schmitt, Proprietária da T-Mutts.

Amor e a causa dos animais.“Alguns pilares me movem como o incentivo a adoção e a defesa dos que precisam de uma mão humana nos seus caminhos difíceis. Acima de tudo, amo todos os animais, mas de fato conheço a dura realidade de protetores e ONGs, onde milhares de cães e gatos estão à espera de um lar… cães vira-latas e até mesmo de raça, de todos os tamanhos, cores e idade. Quero propagar essa luta pela causa dos animais, pelo amor e respeito à vida em primeiro lugar.


Sobre a T-mutts: O blog da T-Mutts traz um pouco sobre tudo que envolve o nosso mundo: Animais, Moda e Amor. Animais – Comportamento, saúde e cuidados aos pets. Afinal, nos preocupamos, e muito, com o bem estar animal e principalmente com a relação que temos com eles. Moda – Nossa marca vai além da simples criação de camisetas com frases de animais, nosso foco é confeccionar peças estilosas, descoladas, com tecidos de qualidade (para durar mesmo) e que combinem com seu guarda-roupa e com a vida que você leva. Afinal se vestir também é uma forma de se expressar! Amor – Queremos trazer para vocês um pouco sobre o que nos move, e impossível tratar esse assunto sem falar no amor incondicional que sentimos pelos animais e pela natureza como um todo. Nesta linha caminha a causa que tanto apoiamos: somos defensores dos vira-latas e cães e gatos abandonados.

Acompanhe a T-mutts!

Instagram: @usetmutts

Facebook: www.facebook.com/useTMutts

Site: www.t-mutts.com.br

#Adoção #tmutts #moda

32 visualizações

openbarcanino@gmail.com

Porto Alegre  -  Rio Grande do Sul

  • facebook
  • Instagram Limpa
  • Branco Twitter Ícone

site desenvolvido por EmPlanta Projetos